Hoje é Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017. Bem-vindo ao nosso site.
 
MANIFESTO  

MANIFESTO À NAÇÃO BRASILEIRA

 

 

Em 10 de Abril do ano de 2012,

Aos 190 anos da proclamação da Independência do Brasil, e

Aos 123 anos da proclamação da República Brasileira,

 

Aos concidadãos brasileiros,

 

Nosso PARTIDO DA DEFESA SOCIAL se levanta hoje para falar com o país e com seus concidadãos!

Queremos nos colocar - e colocar nossas palavras e propostas - sob julgamento da história e da opinião pública, com dignidade, com clareza, com coragem, com determinação e com legitimidade, a serviço da República Brasileira.

Nosso país vive momentos graves, momentos de crise e de verdadeira preocupação. São tempos difíceis, onde os cidadãos e cidadãs honestos e cumpridores de seus deveres estão sendo acuados com suas famílias. A violência grassa nas pequenas, médias e grandes cidades. A mídia retrata os fatos cotidianos que fazem corar e temer o homem de bem. O infrator da ordem e da lei prossegue destemido e impune sua carreira de males.  Onde falta a política chame-se a polícia.

Na política eleitoral e partidária os escândalos se acumulam e se sucedem a cada dia, com as novas denúncias soterrando as denúncias de ontem. Atordoados os brasileiros não refletimos sobre as causas. Não aprendemos com os erros. Os fatos são encarados como mera disputa entre partidos, de maneira maniqueísta, divisionista. Denúncias são brandidas como tacapes, como clavas, reduzindo os contendores a homens de um passado não civilizado, condenados a não evoluir.  O Brasil se imobiliza com estes. 

A tentação autoritária e centralizadora se faz sentir em setores partidários do país: calar e censurar a imprensa; fazer mordaça aos movimentos sindicais e populares; concentrar poderes como alternativa de mudanças como em alguns países da América latina. Modelos perigosos e escorregadios são apontados como algo a ser imitado. Até quando?

No campo da educação sem perspectiva, estudantes, professores e famílias seguem sem um projeto de Educação, necessário para a construção de um grande país. Rejeita-se assim a alternativa da caminhada em direção ao futuro. Gente sem tino e sem senso alterna-se na condução da Escola Brasileira, mas são guias cegos. Aonde chegaremos?

Na análise das políticas públicas no Estado Brasileiro enxergamos o real retrato do Brasil: os responsáveis pelos governos deitam em berço esplêndido em seus cargos bem remunerados enquanto o povo brasileiro se afoga em lágrimas e sangue, nas escolas, nas unidades de saúde, nas repartições públicas, nas filas dos bancos ou nas portas das delegacias. E haja tributos e impostos! O cidadão só é lembrado como contribuinte. Raras vezes como sujeito de direitos.

E quando as políticas falham, é constante a acusação de que o servidor é omisso, o policial nada faz, o professor não ensina, a enfermeira não comparece, o médico é um insensível. O verdadeiro responsável fica diluído, fica apagado da memória do comum dos brasileiros. E se aproveita do escondimento para ser perpetuar demagogicamente e espertamente no poder. Basta!

Nós do Partido da Defesa Social, nós sentimos mais que chamados, convocados a participar da luta renhida da política brasileira e vimos por este manifesto dizer: “presentes!”. 

Somos servidores públicos nos sentido amplo do termo. Somos policiais, agentes das forças de segurança, professores, médicos, contadores, analistas de políticas públicas, garis e militares.

Somos também da sociedade civil organizada e que reconhece a importância das políticas públicas para a construção da cidadania plena.

Queremos fazer do Brasil uma grande nação e não apenas um país grande de dimensões continentais.

Evitamos os excessos do marxismo leninismo ateu com seus desvios e violência antidemocrática e totalitária.

Combatemos o materialismo e o hedonismo da acumulação de capitais e a busca desvairada de lucro e luxos.

Trilhamos o caminho da República e da Democracia. Sem convulsões sociais, mas com firmeza de pensamentos e ações.

Os debates das idéias, a vivência pacífica (mas mobilizada) da liberdade, as necessárias revolução moral e educacional, o exercício correto do direito, postos ao serviço da nossa sincera convicção, nos bastam e nos levarão, cremos, a vitória, mais que pessoal, de nossa causa, que é a causa única do progresso e da grandeza do Brasil.

Temos propostas, identidade e temos razão de ser, mas não temos medo da interlocução, visto não sermos adoradores do partido único, do modelo exclusivo de ser e de fazer política. Colocamos então nossas idéias sob o olhar popular, sob o exame da mídia e a crítica dos possíveis adversários.

Vemos um caminho novo ao revisitar os velhos problemas e as antigas questões. Provaremos nosso valor na História brasileira. Venha trilhar conosco.

Quem for brasileiro, adiante-se e siga-nos!

 

 

 


Edmar Washington Xavier Pereira

PRESIDENTE

«Voltar
 
 
SBS Q 2 BLOCO E ED PRIME, 15 - SL 206, ASA SUL - BRASILIA/DF
CEP: 70070-120
 
contato@pds80.org.br
(31) 9 9889-3083 Vivo